Em Sidrolândia, Governo do Estado e Prefeitura dão início à construção da casa própria para famílias de baixa renda

Famílias de Sidrolândia já podem dar início a construção da casa própria com a entrega de 15 bases do Projeto Lote Urbanizado. “Cada tijolo da minha casa será uma conquista para mim, fruto do suor do meu trabalho”, disse Jocília Cardoso dos Santos que é artesã e beneficiária do Lote Urbanizado.

 

A solenidade de assinatura dos contratos aconteceu na noite de quinta-feira (2.5), no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Jandaia. Para a diretora-presidente da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab), Maria do Carmo Avesani Lopez, a equipe da Prefeitura soube aproveitar as oportunidades.“Parabenizo a todos os envolvidos no projeto Lote Urbanizado e destaco também a parceria de vocês no trabalho de regularização fundiária, que está sendo desenvolvido na cidade e que já obtivemos êxito com a primeira entrega de títulos no ano anterior”.

 

O prefeito Marcelo Ascoli também destacou as parcerias firmadas com o governo do Estado. “Não tenho dúvidas do esforço da Agehab para que a habitação em Sidrolândia continue dando certo. Estou muito feliz pela conquista dos beneficiários, que agora poderão realizar o sonho de morar na casa própria”.

 

Com a ação conjunta entre Governo e Prefeitura, várias famílias de Sidrolândia vão ganhar moradia digna

 

No início do ano 36 famílias também foram contempladas com o projeto e já estão construindo suas casas. Ao todo o investimento do Governo do Estado no Lote Urbanizado foi de R$ 500 mil.

 

O projeto

 

No projeto Lote Urbanizado o município participa com o terreno e a assistência técnica, já o Estado constrói a base da casa e o cidadão dá continuidade na construção de sua moradia.

 

Para participar, primeiramente o pretendente tem que realizar o cadastramento no sistema de inscrição da Agehab, e após passar pelo processo de seleção os mesmos serão chamados e deverão comprovar em documentos que possuem condições financeiras para adquirirem os tijolos e os cimentos para a construção do imóvel.

 

O prazo para a conclusão da moradia é de até 24 meses, ou seja, dois anos. Somente com a conclusão da construção da moradia que a mesma poderá ser habitada.

Política

Internado, Dias Toffoli apresenta sintomas de covid-19

O Supremo Tribunal Federal (STF) informou ontem (24) que o presidente da Corte, Dias Toffoli, foi internado ontem (23) para a retirada de um “pequeno abscesso”. De acordo com a secretaria de Saúde do tribunal, a cirurgia transcorreu sem problemas, mas Toffoli apresentou sintomas da covid-19 e permanecerá hospitalizado para ser monitorado pelos médicos.   […]