Festival de Inverno de Bonito será de 25 a 28 de julho e editais saem nos próximos dias, anuncia FCMS

Por Fernanda França – A 20ª edição do Festival de Inverno de Bonito acontecerá entre os dias 25 e 28 de julho, conforme anunciou a presidente da FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul), Mara Caseiro. A confirmação ocorreu nesta quinta-feira (11.4), durante audiência pública realizada na Câmara de Vereadores do município, onde foram discutidos detalhes sobre o evento.

 

Mara também confirmou que os editais para seleção de artistas regionais nas áreas da música, dança, teatro, circo, cinema e artes visuais, devem sair em poucos dias: “O processo está sendo avaliado pelo setor jurídico e será publicado em diário oficial em breve, para que haja tempo hábil e que todos os artistas de Mato Grosso do Sul, nas mais diferentes modalidades, possam participar”, afirmou.

 

“O processo está sendo avaliado pelo setor jurídico e será publicado em diário oficial em breve”, explicou a presidente da FCMS (Mara Caseiro)

 

Durante a audiência pública, representantes da classe artística, trade turístico, prefeitura, Câmara de Vereadores, comerciantes e população em geral, puderam fazer suas reivindicações e apontar medidas que podem colaborar para o sucesso do evento.

 

Entre os principais pedidos, está a participação ainda maior da comunidade local no festival. O diretor-geral da Fundação de Cultura, Max Freitas, garantiu que essa é uma prioridade da atual gestão: “Utilizar a mão de obra local reforça a economia de Bonito e região, além de baratear os custos do evento, uma vez que não são necessários gastos como transporte e hospedagem quando se trata de trabalhadores oriundos do município “, confirmou.

 

Anúncio da 20ª edição do Festival de Inverno de Bonito durante audiência pública realizada na Câmara de Vereadores de Bonito

Mara Caseiro e o prefeito de Bonito, Odilson Arruda Soares, reforçaram esse discurso, destacando que o momento econômico é de contenção, tanto em Mato Grosso do Sul, quanto no país. Dessa forma, é preciso otimizar os recursos e utilizá-los de maneira inteligente.

 

“Foi uma determinação do governador Reinaldo Azambuja que se promova o festival com a mesma qualidade que ele apresentou em suas últimas edições, envolvendo a comunidade local e promovendo o nome do município e de nosso Estado em âmbito nacional e internacional. E é isso que vamos fazer, com responsabilidade e respeito aos recursos”, reforçou Mara Caseiro.

 

Da audiência pública, participaram vereadores, secretários municipais, técnicos e gerentes da Fundação de Cultura, com o objetivo de esclarecer dúvidas e recolher sugestões para o festival, além de membros do Fórum Municipal de Cultura de Bonito, que representam a classe artística e a comunidade.

Destaques

Foto da semana – Aquário Natural – Baía Bonita (Bonito)

site http://www.aquarionatural.com.br