Governo Federal prorroga por 60 dias permanência da Força Nacional de Segurança Pública em Mato Grosso do Sul

Publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (17), Portaria assinada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, prorrogando por mais 60 dias a permanência da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai.

 

A Portaria prevê o emprego do contingente da Força Nacional nos municípios de Caarapó e Dourados, nas atividades e serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, com ênfase no policiamento ostensivo para prevenção de conflitos agrários por questões fundiárias, bem como no combate aos crimes transnacionais de contrabando, tráfico de drogas, armas e munições.

 

Todas as operações realizadas pela Força Nacional em Mato Grosso do Sul contam com o apoio da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) – por meio das forças de segurança estaduais – que fornece toda a infraestrutura e apoio logístico necessários às ações. O planejamento é definido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública.

 

A prorrogação da permanência da Força Nacional em Mato Grosso do Sul é um pedido do Governo do Estado, via Sejusp, ao Governo Federal. A Portaria autorizando a prorrogação está publicada na seção 1, página 69 do DOU e pode ser acessada clicando aqui.

Destaques

Política

Senador quer criar CPIs sobre ações do governo

O líder da minoria, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), informou que está colhendo assinaturas para criar duas comissões parlamentares de inquérito, do Senado e do Congresso Nacional, para apurar as “ações e omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia de Covid-19 no Brasil”.   O número mínimo necessário para instalar a Comissão Parlamentar Mista de […]