Prefeitura de Ponta Porã inicia georreferenciamento da área urbana do Distrito de Nova Itamarati para definição de lotes

Está sendo iniciada a implantação do georeferenciamento do loteamento que corresponde à área urbana da Nova Itamarati. Esse é o primeiro passo para definir os lotes e, mais na frente, assegurar os títulos de propriedade definitivos. Nessa etapa, a empresa responsável irá implantar os marcos, colocando as quadras e piquetes, delimitando os lotes. Sem esse trabalho, as demais etapas não acontecem.

 

Por isso, é importante acelerar a demarcação, lembra a subprefeita da localidade, Natália Velasques. A Diretora-presidente da Agência Municipal de Habitação – (Habiporã) Larissa Vieira Barbosa da Rocha, participou de reunião na subprefeitura, definindo detalhes para o início dos trabalhos.

 

Georreferenciamento é o mapeamento de um imóvel rural referenciando os vértices de seu perímetro ao Sistema Geodésico Brasileiro, definindo sua área e sua posição geográfica. Serve para a regularização registral dos imóveis rurais, segundo a nova legislação.

 

Conforme a subprefeita do distrito de Nova Itamarati, Natalia Velasques disse que a empresa DMTR Engenharia estará iniciando esse trabalho imediatamente. “É um trabalho técnico que vai permitir a retificação dos memoriais descritivos de cada lote. Somente depois disso, ocorrerá a titulação, organizando a distribuição dos espaços na comunidade”, informou a subprefeita.

 

Na área destinada ao distrito Nova Itamarati, existem 330 casas de moradias, 130 edificações destinadas ao comércio, que estão localizados em uma área de três hectares que pertencem à antiga Rede Ferroviária Federal (RFFSA). Na administração do prefeito Hélio Peluffo, várias ações estão sendo levadas diretamente ao distrito, facilitando o acesso de toda a comunidade aos serviços públicos básicos. Antes, os moradores precisavam se deslocar até a cidade.

 

O comércio do distrito é formado por farmácias, supermercados, lanchonetes, padarias, escritórios de Contabilidade, hotéis, lojas de materiais de construção, clínica dentária, ótica, escritório de advocacia, lan house, loja de móveis, veterinárias, oficinas mecânicas (para carros, motos e tratores), restaurantes, igrejas, loja de confecções, autopeças, correio, escolas de informática, distribuidora de gás, serralheria, salão de beleza, clube de recreação, jornal semanário. Enfim, uma estrutura que a despeito de uma normatização municipal, cresce e recebe atenção especial do prefeito Hélio Peluffo.

 

A prefeitura de Ponta Porã, através da secretaria municipal de Obras e Urbanismo, vem intensificando as ações de melhorias nas estradas que cortam o distrito de Nova Itamarati e todo o assentamento. Nos últimos dias, o trabalho chegou ao núcleo urbano, melhorando significativamente as condições de todo o trecho.

 

Popularmente conhecido como Assentamento Itamarati, o distrito foi criado no ano de 2015 e um dos principais serviços na localidade foi a rede de água, pois possuía um sistema de abastecimento de água precário. Com crescimento desordenado e sem estrutura, apresentava diversas irregularidades no fornecimento. O Governo do Estado em parceria com a prefeitura de Ponta Porã realizaram serviço de implantação do sistema houve ganho ambiental e humano para a população que vive na localidade.

 

“Fizemos um investimento que possibilitou a captação, tratamento e distribuição de água de qualidade. É mais saúde para as pessoas”, afirmou Reinaldo Azambuja. “A água tratada passa a chegar para famílias que estão a mais de 70 quilômetros do centro de Ponta Porã”, destacou o prefeito Hélio Peluffo.

Destaques

Foto da semana – Aquário Natural – Baía Bonita (Bonito)

site http://www.aquarionatural.com.br