Universidade Federal da Grande Dourados sediará em dezembro um dos maiores eventos do agronegócio brasileiro

Demonstrar como os agricultores brasileiros aliam alta produtividade e conservação do solo é um dos objetivos do Encontro Nacional de Plantio Direto na Palha (ENPDP), que chega à 17ª edição em 2020.

 

A cada dois anos, o ENPDP reúne cerca de 700 produtores rurais, pesquisadores e demais profissionais do agronegócio. Consolidado como um dos principais eventos do agronegócio brasileiro, o 17º ENPDP acontecerá nos dias 1, 2 e 3 de dezembro, e será sediado pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), em Dourados-MS.

 

Devido às restrições para aglomeração de pessoas, diante da pandemia de covid-19, o evento foi adaptado e toda a programação será transmitida pela internet. O público assistirá a palestras, debates, e até mesmo as visitas técnicas em áreas de cultivo através de computador, tablet ou celular.

 

Neste novo formato, o evento tornou-se mais acessível e prático, afinal o público tem a vantagem de poupar o tempo e o investimento de fazer uma viagem e passar três dias longe de casa. Além disso, a inscrição no valor médio de R$200,00 foi reajustada para R$ 50,00 – uma vez que os custos de infraestrutura foram consideravelmente diminuídos.

 

Programação

 

No primeiro dia de evento, o primeiro debate será realizado entre os agricultores Jonadan Ma, Manoel Henrique Pereira e José Eduardo Soares. Em seguida, o pesquisador Antônio Roque Dechen, da Esalq, fará um relato sobre o Rally da Safra 2019/2020. No período da tarde, pesquisadores do Brasil e do exterior vão debater sobre mitos e fatos na construção do perfil de solo. Ainda, a programação conta com visitação de estandes virtuais, uma rápida palestra sobre plantas de cobertura junto ao cultivo de soja de alta produtividade, e o lançamento do livro “O solo ensinou” – do produtor rural e um dos precursores do plantio direto no Brasil, Frank Dijkstra.

 

O evento é realizado pela Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação (FEBRAPD), em parceria com a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), Unigran, Embrapa Agropecuária Oeste, Fundação MS, Sindicato Rural de Dourados, Grupo para Intercâmbio de Agrotecnologia (Giatec), e Grupo de Plantio Direto na Palha Dourados (GPP).

 

 

Para conferir toda a programação, acesse: https://febrapdp.org.br/17enpdp/

Destaques