Campo Grande lança novo Prodes e Semagro destaca importância dos incentivos fiscais

A Câmara Municipal de Campo Grande realizou nesta sexta-feira (15), o ato de assinatura e sanção da nova Lei do Prodes (Programa de Incentivos para Desenvolvimento Econômico e Social de Campo Grande). O prefeito Marquinhos Trad e o titular da Semagro (Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), secretário Jaime Verruck participaram do evento.

Aprovada no final do mês de setembro a nova lei do Prodes visa dar oportunidade às pequenas e médias empresas, além de ampliar a capacidade de atrair grandes investimentos para a Capital. Também é vista como uma chance de ajudar na recuperação econômica diante das dificuldades com a pandemia de Covid-19.

O secretário Jaime Verruck contou que o Governo do Estado realizou a modernização e regularização dos incentivos fiscais e a nova lei municipal vem para auxiliar. “O Prodes vem para dar condições iguais para os empresários, cumprindo seu papel em termos de políticas públicas e realização de negócios. A possibilidade do empresário repactuar suas condições da oportunidades de geração de negócios, além disso a sustentabilidade agrega modernidade para o município”, afirmou o secretário.

O novo Prodes busca, ainda, igualdade e transparência nos critérios de escolha das empresas beneficiadas, além de celeridade e garantias de que os investimentos pactuados sejam cumpridos. “O poder público não pode olhar para os que têm, e esquecer dos que não têm. O Prodes era para quem tem. Os grandes engoliam os pequenos, e não podemos admitir isso. Omisso não vou ficar. Tenho recebido e criado oportunidade a todos eles, e cada vez mais vou criar. Estamos oportunizando direitos iguais àqueles que estão à margem”, afirmou o prefeito Marquinhos Trad.

O vereador Dr. Victor Rocha, presidente da Comissão Permanente de Indústria, Comércio, Agropecuária e Turismo da Casa de Leis, disse que o ‘super Prodes’, vai dar oportunidade ao micro e pequeno alavancar seus negócios e gerar emprego e renda para nossa cidade.

“Ela foi discutida amplamente em todas as comissões. Tivemos audiência pública para dialogar com a sociedade, saber o que poderia melhorar em uma lei que já vinha boa. Agradeço a todos os vereadores pelo apoio e discussão dessa lei. Hoje é um novo marco na história de Campo Grande”, afirmou o vereador Dr. Victor Rocha.

Destaques