Em Corumbá, Assistência Social da prefeitura vai ofertar Capela para famílias que solicitarem urna funerária

 

Entregue ontem (13), pelo prefeito Marcelo Iunes, a Capela Mortuária Edvaldo Apontes Rodrigues será gerida conjuntamente pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania e pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, por meio do Setor de Fiscalização e Posturas.

 

“A família que vier solicitar o Benefício Eventual, que são as urnas funerárias, a assistência social automaticamente já vai ofertar a Capela. Ou seja, a família pode escolher em fazer o velório em casa ou aqui nesse local, todo equipado e preparado para bem receber os entes queridos no momento de luto”, explicou a secretária municipal de Assistência e Cidadania, Amanda Balancieri Iunes.

 

A secretária lembrou ainda que a Legislação não permite que o Município forneça a urna e a família pague para uma funerária realizar o funeral em outro local. “Mas como trabalhamos com isso, eu acompanho há muito tempo nessa luta de ter essa capela municipal. Sabemos a necessidade desse equipamento naquele momento de dor e despedida”, continuou Amanda.

 

“Vemos esse gesto de hoje, essa inauguração, como um gesto de humanização, um olhar da Gestão Municipal com a população. Então é um momento muito gratificante. É querer fazer, porque muitos passaram e não tiveram essa sensibilidade. Quando Marcelo (Iunes) assumiu a Prefeitura, essa foi uma das primeiras coisas que ele pediu foi essa capela e hoje está aqui sendo entregue”, completou a secretária municipal.

 

Aos finais de semana, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania mantém uma equipe de plantão para atender a população. “Todo final de semana tem um profissional que fica de sobreaviso e o hospital é informado. Sendo a pessoa enquadrada no benefício eventual, eles acionam nossa plantonista que dá andamento no atendimento. Então é um serviço que funciona 24 horas por dia”, finalizou Amanda Balancieri Iunes.

 

Professor Dino

 

Edvaldo Apontes Rodrigues, também conhecido como professor Dino, foi servidor Público efetivo, Fiscal de Posturas do Município. Acadêmico do curso de Matemática da UFMS, foi pai de dois filhos e destacou-se mesmo antes da conclusão acadêmica como professor de matemática, física é química, dando aula em cursinhos e na Rede Pública. Na fiscalização municipal desenvolveu trabalhos diversos como ações conjuntas de fiscalização para combate à dengue.

 

Com órgãos de segurança realizou atividades de controle e fiscalização de atividades noturnas show e eventos. Foi responsável pelo controle das feiras livres, onde desempenhou papel importante na organização e recadastramento de feirantes, desenvolveu atividades junto fiscais do meio ambiente para ações de controle ambiental, em ação conjunta com a Polícia Militar esteve na equipe que durante fiscalização em garagens apreendeu 279kg de substância entorpecente em maio de 2016.

 

Um apaixonado pelo Carnaval de Corumbá, diversas vezes integrou a equipe de ações de controle e fiscalização do evento. Participou como instrutor do curso de formação de Fiscais de Posturas dos concursados em 2011. Dino foi um servidor abnegado, companheiro e de uma inteligência singular, que contribuiu com Corumbá e fez sua parte como cidadão.

Destaques

Política

Pais solteiros recebem R$ 4,1 bi em retroativo do auxílio emergencial

Os pais solteiros chefes de família que receberam as cinco primeiras parcelas do auxílio emergencial em 2020 receberão pagamento retroativo. O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta sexta-feira (24) medida provisória com crédito extraordinário de R$ 4,1 bilhões para o Ministério da Cidadania pagar parcelas antigas em dobro após a derrubada de um veto pelo Congresso Nacional […]