Inscrições abertas para o concurso público da Câmara Municipal de Campo Grande; a Casa oferece 20 vagas

Abre hoje as inscrições (06) para o concurso público para provimento de 20 vagas e formação de cadastro de reserva do quadro de pessoal efetivo da Câmara Municipal de Campo Grande, e podem ser feitas até 23 de janeiro de 2022, sendo que as provas acontecem no dia 20 de março.

 

São 15 vagas para assistente administrativo, com exigência de nível médio e salário de R$ 1.774,10, além uma vaga para assistente social, duas para técnico administrativo e outras duas para tradutor de Libras (Língua Brasileira de Sinais), que exigem diploma de graduação em nível superior nas respectivas áreas, com salário de R$ 3.005,86. Para todos os cargos, a carga horária é de 30 horas semanais. Haverá ainda reserva de vagas para PCD (Pessoas com Deficiência) no percentual de 5%, negros (10%) e índios (5%).

 

Para o cargo de nível médio, o conteúdo da prova objetiva terá língua portuguesa, raciocínio lógico, noções de informática e conhecimentos específicos. E, para os cargos de nível superior, serão avaliados também conhecimentos de língua portuguesa, informática, além de noções de administração pública e conhecimentos específicos. Haverá também prova prática no dia 19 de maio para os cargos de tradutor de Libras.

 

O valor de inscrição será de R$ 90,00 para o cargo de nível médio e de R$ 110,00 para cargos de nível superior. O candidato poderá requerer a isenção da taxa de inscrição, entre os dias 3 e 5 de dezembro, exclusivamente pela internet, por meio do endereço www.selecon.org.br, mediante o preenchimento do formulário eletrônico de solicitação de isenção.

 

As provas terão duração de 3h30 e serão realizadas no dia 20 de março, em locais a serem divulgados por meio de edital no site www.selecon.org.br. No mesmo dia, será aplicada ainda a prova discursiva.

 

Clique AQUI e confira o edital.

Destaques

Política

Pais solteiros recebem R$ 4,1 bi em retroativo do auxílio emergencial

Os pais solteiros chefes de família que receberam as cinco primeiras parcelas do auxílio emergencial em 2020 receberão pagamento retroativo. O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta sexta-feira (24) medida provisória com crédito extraordinário de R$ 4,1 bilhões para o Ministério da Cidadania pagar parcelas antigas em dobro após a derrubada de um veto pelo Congresso Nacional […]