Polícia Militar Ambiental e do 6º Batalhão de Corumbá fecham bar de pagode, autuam proprietário em R$ 5 mil

 

Em uma operação conjunta, Policiais Militares Ambientais e do 6º Batalhão de Corumbá fecharam uma casa de pagode e autuaram na sexta-feira (17) à noite, o proprietário do local, por emissão de som acima dos limites permitidos por Lei (poluição sonora). Depois de denúncia de perturbação do sossego, os Policiais foram ao local e mediram com um decibelímetro a pressão de som emitida pela aparelhagem instalada no estabelecimento comercial, que é anexo a uma residência, localizado no bairro Dom Bosco, sendo constatados 86 decibéis, quando a potência permitida para o horário e região é de 45 decibéis.

 

As aparelhagens e duas caixas de som foram apreendidas. O proprietário do local (40) foi autuado administrativamente e foi multado pela PMA em R$ 5.000,00. Ele também foi conduzido, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil e responderá por crime ambiental de poluição sonora. O infrator poderá pegar pena de um a quatro anos de reclusão. Além disso, poderá perder a aparelhagem apreendida, que passa a ser material de crime e da infração administrativa (multa), esta, a ser julgada pelo Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul).

 

Material apreendido.

Destaques

Política

Arthur Virgílio quer aglutinar votos com lideranças de MS

  Ex-senador, ex-ministro-chefe do governo Fernando Henrique e, agora, candidato às prévias do PSDB, Arthur Virgílio Neto desembarca hoje(21), em Campo Grande, para tratar das eleições de 2022. O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, estará presente no encontro.   Arthur Virgílio se reunirá com lideranças do partido na sede do Diretório Estadual […]