Parceria Público-Privado da Sanesul recebe propostas nesta segunda-feira para leilão que acontece no próximo dia 23

Investidores que têm interesse em participar da Parceria Público-Privado para a prestação dos serviços públicos de Esgotamento Sanitário em 68 municípios de Mato Grosso do Sul podem entregar suas propostas nesta segunda-feira (19), das 10h às 14h, na sede da B3, em São Paulo.

 

O leilão está programado para acontecer na sexta-feira (23), para concessão pelos próximos 30 anos. Estão aptos para participar da licitação, isoladamente ou em consórcio Pessoas Jurídicas (brasileiras ou estrangeiras); Entidades de Previdência Complementar; Fundos de Investimentos.

 

Com a PPP, o Governo do Estado pretende alcançar em 10 anos, 98% a universalização de cobertura de esgoto no Estado. Valor do Projeto é de  R$ 3.834.314.000,00 entre investimentos e operação.

 

Entre os benefícios da parceria estão: 

  • Modernização dos sistemas de esgoto existentes;

  • Aumento dos níveis de sustentabilidade ambiental;

  • Atração de novos investimentos em todas as regiões do Estado;

  • Prestação de serviços de esgoto mais eficientes;

  • Melhor qualidade de vida e saúde para população;

  • A iniciativa privada fará a maior parte dos investimentos, aliviando a pressão sobre as contas públicas;

  • A expertise da iniciativa privada assegura maior capacidade de investimento em esgotamento sanitário e melhor qualidade do serviço;

  • Previsibilidade financeira assegura um melhor planejamento estratégico da Sanesul;

  • Incentivo à regularização ambiental em escala estadual e concentração da regulação dos sistemas de esgotamento sanitário;

  • A iniciativa privada fará a maior parte dos investimentos, sem necessidade dos municípios pleitearem recursos junto ao Estado/Sanesul/OGU;

  • Valorização imobiliária nos municípios;

  • Redução dos gastos com saúde devido a melhoria do sistema de esgotamento sanitário municipal;

  • Não haverá aumento de tarifas praticadas atualmente;

  • Não haverá aumento de impostos para cobrir investimentos do projeto.

Destaques

Política

Comissão debate recomendações da ONU para Educação

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados realiza audiência pública na próxima sexta-feira (25) para debater o direito à educação, um dos temas objeto das recomendações recebidas pelo Brasil no âmbito da Revisão Periódica Universal (RPU) das Nações Unidas.   A Revisão Periódica Universal é o mecanismo que analisa a situação […]