Produtos de higiene e limpeza apresentam variação de preços de até 397,59 % conforme pesquisa do Procon

Campo Grande (MS)  – Orientar os consumidores a  economizar quando necessitar adquirir produtos de higiene pessoal e limpeza é o objetivo principal de pesquisa realizada por equipe da  Superintendência pra Orientação e Defesa do Consumidor – Procon/MS, realizada no período de 19 a 30 de novembro findo, envolvendo 17  estabelecimentos comerciais com verificação de preços de 258 produtos, dos quais são divulgados informações de 231, pelo fato dos outros 27 não terem sido encontrados em três ou mais locais.

No decorrer dos trabalhos foram detectadas diferenças de preços que vão de 5,67% a 397,59%, A menor diferença  está no desodorante aerosol Francis de 91 gramas encontrado no Atacadão (avenida Coronel Antonino 3 671 –bairro Morada Verde) por R$ 10,40 enquanto o valor para comercialização no Legal Supermercado (rua Albert Sabin 1 075 – Taveirópolis)  é de R$ 10,99. Já, a  diferença mais considerável (397,59%)) foi constatada no preço do aparelho de barbear Gilette Ultragrip3 – azul . No Assai (avenida Duque de Caxias 3 200 – bairro Santo Antônio) o item é vendido por R$ 2,49 enquanto no Comper (avenida Joaquim Murtinho 975 – Jardim Aclimação) o preço é R$ 12,39.

Do total de itens,  36 apresentaram diferença superior a 100% e, destes, seis foram superior a 200%.

Complementando o trabalho foi estabelecido comparativo entre os valores averiguados este ano e os verificados meses atrás.  Os resultados observados dão conta de que dos 206 itens  comparados, o condicionador Palmolive 350 ml foi o que apresentou menor variação de preços, com alta de 0,10% enquanto o desinfetante líquido Sanol com 2 litros teve acréscimo mais acentuado, ou seja 53,82%. Os que tiveram variação negativa foram 56 com destaque para aparelho de depilação Bic Confort3 com duas unidades cuja redução foi de -45,09%. Apenas u produto não teve variação.

Pesquisa Higiene e limpeza novembro – 2021

 

Comparativo Pesquisa de Higiene e Limpeza agosto/novembro – 2021

 

Destaques

Política

Pais solteiros recebem R$ 4,1 bi em retroativo do auxílio emergencial

Os pais solteiros chefes de família que receberam as cinco primeiras parcelas do auxílio emergencial em 2020 receberão pagamento retroativo. O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta sexta-feira (24) medida provisória com crédito extraordinário de R$ 4,1 bilhões para o Ministério da Cidadania pagar parcelas antigas em dobro após a derrubada de um veto pelo Congresso Nacional […]