Retrospectiva: habitação, infraestrutura, novos maquinários: confira os investimentos de 2021 em Bonito

Em retrospectiva, a prefeitura de Bonito, MS, destaca os principais investimentos em habitação, infraestrutura urbana e rural e aquisição de maquinários. Confira:

 

Convênio com Governo do Estado para construção de 60 unidades habitacionais do rodoanel

 

Veículos e maquinários

 

  • Aquisição de uma pá carregadeira
  • Aquisição de sete veículos para atender as demandas das secretarias
  • Aquisição de um veículo Toro para atendimento dos profissionais de saúde na área rural

Trator coRetrospectiva: habitação, infraestrutura, novos maquinários: confira os investimentos de 2021rtador de grama para manutenção de praças e canteiros

  • Nova motoniveladora doada pelo Estado para manutenção de estradas e conservação do solo e água

Reforma da Pontes

Pavimentação do Bairro Jardim Boa Vista

Operação tapa-buracos em diversas ruas da cidade

Iluminação de led na MS-178, sentido Balneário

Unidade Castramóvel para atender os animais das ONGs e famílias de baixa renda

Pavimentação Marambaia

Sinalização horizontal da cidade

Instalação de quebra-molas ecológicos em dez pontos da cidade

Reforma de maquinário danificado

Patrolamento de estradas vicinais

Instalação de mata-burros de concreto na linha do transporte escolar

Manutenção do cemitério para o Dia de Finados

Retrospectiva: habitação, infraestrutura, novos maquinários: confira os investimentos de 2021

Obras realiza limpeza e roçada no Assentamento Guaicurus

Secretaria realiza limpeza urbana e pede conscientização da população

Retrospectiva: habitação, infraestrutura, novos maquinários: confira os investimentos de 2021
Fechamento de cratera em estrada vicinal

Destaques

Política

Pais solteiros recebem R$ 4,1 bi em retroativo do auxílio emergencial

Os pais solteiros chefes de família que receberam as cinco primeiras parcelas do auxílio emergencial em 2020 receberão pagamento retroativo. O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta sexta-feira (24) medida provisória com crédito extraordinário de R$ 4,1 bilhões para o Ministério da Cidadania pagar parcelas antigas em dobro após a derrubada de um veto pelo Congresso Nacional […]