Com novas árvores, revitalização vai deixar Parque dos Poderes, em Campo Grande, mais iluminado e acessível

A Avenida Desembargador Leão Neto do Carmo, no Parque dos Poderes, começa a passar por uma revitalização que inclui a instalação de uma iluminação lateral do calçamento da pista asfáltica da Acadepol (Academia da Polícia Civil) e acessibilidade para os pedestres, além do plantio de 40 árvores.

 

As novas espécies vão substituir os Ingazeiros, que não são típicas do bioma cerrado e tem causado transtornos, obstruindo a rede de iluminação pública e rompendo cabos de energia elétrica e de internet. Os Ingazeiros já começaram a ser retirados.

 

De acordo com a Delegacia Geral de Polícia Civil, as quedas de galhos são frequentes provocando a falta desses serviços e causando prejuízos à segurança pública com a suspensão de atendimentos e trabalhos na DGPC.

 

Com base em laudo do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) que recomenda a substituição dos Ingás por espécies nativas ou exóticas propícias a arborização urbana, a Polícia Civil solicitou à prefeitura do Parque dos Poderes a extração de 12 árvores e já providenciou 40 mudas das espécies Ipê Roxo (5), Ipê Branco (15), Ipê Rosa de Bola (5), Paineira Barriguda (4), Oiti (5) e Sibipiruna (6).

 

Mudas de ipês serão plantadas no Parque

Algumas árvores serão plantadas no lugar das antigas e as outras na parte interna da Acadepol. De acordo com o diretor do Departamento de Recurso e Apoio Policial da Polícia Civil, Jairo Carlos Mendes, a retirada é feita pela Prefeitura do Parque e todo o trabalho é acompanhado pela administração municipal. “Os galhos das árvores tampavam a iluminação pública e a avenida ficava na escuridão. Agora vamos plantar espécies adequadas, além de reformar a calçada e melhorar a acessibilidade. Como pedimos um número maior de mudas, vamos colocar Ipês do lado de fora e outras árvores dentro da Acadepol”, explicou o delegado.

 

Recentemente, uma poda radical dos Ingás causou estranhamento de algumas pessoas, que costumam admirar a natureza e fazer caminhada no Parque dos Poderes Governador Pedro Pedrossian – local que abriga diversos setores da administração estadual e as sedes de Tribunal de Justiça, Assembleia Legislativa, Tribunal de Contas e Ministério Público Estadual.

 

Além da flora, o Parque dos Poderes possui uma rica fauna com quatis, tatus, tucanos, mutuns, cutias, antas, tamanduás, tatus, saguis e periquitos, entre muitas outras espécies.

Destaques

Política