“Falso processo”: Procon de Mato Grosso do Sul alerta população para o novo golpe de estelionato no Estado

A Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS), órgão vinculado à Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho), alerta a população sobre novo golpe de estelionato chamado de “golpe do falso processo”.

 

O golpe funciona da seguinte forma: A vítima recebe uma carta de um escritório de advocacia pedindo para entrar em contato, pois tem uma causa transitada e julgada com indenização para receber em uma ação previdenciária e que o valor está disponível. Entretanto, a vítima precisa transferir certa quantia em dinheiro que seria referente “as custas processuais”.

Os falsos processos geralmente se referem a instituições de previdência privada, como Capemi – Caixa de Pecúlios, Gboex, Montepio Mongeral e outras.

Para dar veracidade ao golpe, foi colocado indevidamente o nome e registro profissional de advogada com experiência na área. Inclusive a profissional registrou boletim de ocorrência por estarem utilizando seu nome em golpes.

O superintendente do Procon/MS, Marcelo Salomão, alerta a população para desconfiar sempre desse tipo de situação. “Se receberem qualquer comunicação dizendo que você tem dinheiro para receber em uma ação que você não entrou é golpe. Não existe pagamento de custas judiciais onde a pessoa não assinou procuração anteriormente”.

O Golpe do falso processo não é novo. Há registros em Minas Gerais, São Paulo, Brasília e agora o golpe começa a fazer vítimas em Mato Grosso do Sul

Destaques

Política

Pais solteiros recebem R$ 4,1 bi em retroativo do auxílio emergencial

Os pais solteiros chefes de família que receberam as cinco primeiras parcelas do auxílio emergencial em 2020 receberão pagamento retroativo. O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta sexta-feira (24) medida provisória com crédito extraordinário de R$ 4,1 bilhões para o Ministério da Cidadania pagar parcelas antigas em dobro após a derrubada de um veto pelo Congresso Nacional […]