PMA autua turistas por crime ambiental de pesca predatória; foram encontrados 84 exemplares de pescado

Campo Grande (MS) – Dois pescadores, ambos de 44 anos, foram autuados no município de Bonito, quando realizavam pescaria ilegal no rio Miranda e Policiais Militares Ambientais de Jardim e Bonito, que trabalham na operação Hot point, os abordaram em um acampamento ontem (22) à tarde. Eles praticavam pesca no local e, em uma caixa isotérmica no acampamento em que estavam, foram encontrados 84 exemplares de peixes nativos das espécies mandi, jurupensem e curimbatá.

Os turistas, residentes em Saudades e Chapecó (SC) poderiam capturar e abater somente um exemplar de peixe nativo daquelas espécies encontradas com eles e, dessa forma, foi caracterizado o crime ambiental. Foram apreendidos o pescado, pesando 20 kg e a caixa isotérmica.

Os infratores responderão por crime ambiental de pesca predatória, por captura de pescado acima da quantidade permitida. Se forem condenados pelo crime ambiental, os pecadores poderão pegar pena de um a três anos de detenção. Eles também foram autuados administrativamente e foram multados em R$ 900,00 cada um. O pescado será doado para instituições filantrópicas, depois de periciado.

Destaques